Informações:

17 3201-5055 17 3201-5151

Horário de Funcionamento
Segunda-feira a Domingo
das 07h às 13h

Doe Sangue

Horário de Funcionamento

De segunda-feira a domingo,
incluindo feriados
Das 07h às 13h

Dúvidas Frequentes

Doar sangue é seguro?
Sim, é seguro. Não existe nenhum risco de contrair uma doença infecciosa ao doar sangue. Pode existir um pequeno risco de o doador sentir-se mal durante ou logo após a doação, especialmente nas primeiras vezes em que ele doar, mas contamos com profissionais preparados para auxiliar os doadores.
Quanto tempo leva para fazer a doação?
Todo o processo de doação desde a recepção até o lanche, dura em média 55 minutos.
O sangue tem validade?
Sim, cada componente do sangue tem seu prazo de validade. As hemácias duram 35 dias; as plaquetas, 5 dias; o plasma fresco congelado, de 12 a 24 meses.
É cobrado pelo sangue doado?
O sangue doado NÃO é cobrado. Mas existe um custo para que o sangue seja colhido (compra de materiais descartáveis), realização de exames etc. Estes custos são mantidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde).
Quanto tempo leva para o sangue ser processado?
O sangue deve ser processado assim que colhido, em média até 6 horas após a doação.
Como é armazenado o sangue?
O plasma é armazenado em congeladores a 18ºC negativos ou menos, as hemácias em geladeira a 4ºC e as plaquetas a 22ºC.
Qual é o tempo que o organismo leva para repor o sangue doado?
Os glóbulos vermelhos (hemácias) se recuperam de 2 a 3 semanas. Já os estoques de ferro, em 60 dias nos homens e de 60 a 90 dias nas mulheres.
Por que a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) só garante 1 dia de abono no ano para a doação de sangue?
Porque um dia é suficiente para que o doador descanse e recupere o volume de sanguíneo doado. Sendo que esse período de descanso é particularmente importante para aqueles que exercem profissões que exigem maior esforço.
Por que as mulheres podem doar sangue a cada 3 meses e os homens a cada 2 meses?
Devido à reposição dos estoques de ferro, que nas mulheres é mais demorada devido às perdas durante os ciclos menstruais.
Menores de 18 anos podem doar sangue?
São aceitos doadores de 16 e 17 anos, com a presença e autorização dos pais ou responsável leal.
Por que as pessoas com menos de 50 kg não podem doar sangue?
Pessoas com peso inferior a 50 kg não possuem volume sanguíneo suficiente para realizar a doação, que é de 450 ml.
A doação de sangue é recomendada durante a amamentação?
É aconselhável não doar durante a gravidez e a amamentação da criança até 1 ano de idade. Após essa idade, a amamentação deixa de ser a sua principal fonte de alimentação e a mãe fica liberada a doar.
Remédios para controle da pressão arterial impedem a doação? Quais?
Os remédios para controle da pressão geralmente não impedem a doação. Devem ser suspensos por 48 horas, com autorização do médico, medicamentos atenolol, oxprenolol e similares.
A vacina para febre-amarela impede a doação?
Não, mas é necessário aguardar 4 semanas após ter tomado a vacina para fazer a doação.
Quem teve dengue pode doar sangue?
Sim, mas quem teve dengue clássica deve aguardar 1 mês após a cura. E que teve dengue hemorrágica deve aguardar 6 meses.
Diabético pode doar sangue?
Os diabéticos, dependente de insulina, não podem doar sangue porque têm maior probabilidade de apresentar alterações do sistema cardiovascular que podem levar a complicações no momento da doação. Já os que não são dependentes de insulina, podem doar sangue normalmente.
Quem tem hipo ou hipertireoidismo pode doar sangue?
Quem tem hipotireoidismo pode doar sangue, mas é sempre importante consultar um médico. Já para quem tem hipertireoidismo, a doação é proibida, mesmo que a doença esteja sendo tratada.
Qual é o grau de anemia que impede a doação?
Só não pode doar a pessoa que apresentar hematócrito menor que 39% ( ou hemoglobina <13g/dL) no homem e 38% (ou hemoglobina <12,5g/dL) na mulher.Este limite é necessário para não causar prejuízos à saúde do doador.
A hipoglicemia impede a doação?
Não, desde que o doador não apresente os sintomas e não esteja em jejum no momento da doação.
Pode-se fazer sexo após a doação?
Não há qualquer contra indicação devido à doação.
Qual é o conceito atual para “grupo de risco”?
Na verdade o termo mais adequado seria “situação de risco acrescido”, ou seja, o comportamento do indivíduo que faria com que ele ficasse exposto ao risco de adquirir uma determinada doença ou infecção.
Sífilis também pode ser transmitida por transfusão?
A transmissão da Sífilis por transfusão sanguínea é muito rara, porém existe. Entretanto, são feitos testes para sua detecção a fim de se evitar que a doença seja transmitida.
Por que homens que fazem sexo com outros homens não podem doar sangue?
As relações sexuais entre homens correspondem a uma situação de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Não se deve colher sangue em comunidades ou populações com marcadores elevados para doenças de transmissão transfusional, sendo a malária e o HIV exemplos disto. Homens soronegativos podem voltar a doar sangue após 12 meses de abandono da prática de manter relações sexuais com outros homens.
O que é a Hemofilia?
É a deficiência de um determinado fator essencial para ocorrer a coagulação sanguínea. Há dois tipos de hemofilia, a mais comum é a hemofilia A, decorrente da deficiência do fator VIII.
Pais de pacientes portadores de Talassemia e Hemofilia podem doar sangue?
Sim, desde que não sejam anêmicos. Ambas são doenças hereditárias (herdadas dos pais para os filhos) envolvendo o sangue (anemia e distúrbio da coagulação, respectivamente).