Informações:

17 3201-5078 17 3201-5151

Horário de Funcionamento
Segunda-feira a Domingo
das 07h às 13h

Notícias

Hemocentro faz alerta para estoque reduzido de tipos sanguíneos na semana do doador
10/06/2020

Na semana em que é comemorado o ‘Dia Mundial do Doador de Sangue’, 14 de junho, o Hemocentro de Rio Preto alerta para o estoque reduzido dos tipos sanguíneos A+, O-, A-, e B-. Nas últimas semanas, devido às quedas na temperatura o fluxo de doadores diminuiu e, consequentemente, houve uma baixa expressiva nos estoques de bolsas.

Atualmente o Hemocentro atende 36 hospitais de Rio Preto e região. “O abastecimento do banco de sangue é necessário para atender desde vítimas de acidentes graves, a pessoas que necessitam de cirurgias ou até mesmo pacientes com doenças graves que passam por situações nas quais o organismo não produz as células sanguíneas necessárias como, por exemplo, leucemia e câncer”, explica Mariana Coltro, enfermeira supervisora do Hemocentro.

Em uma pessoa adulta, que possui em média 5 litros de sangue, são coletados no máximo 450 ml. Uma quantidade considerada pequena, mas o suficiente para salvar vidas. “Uma bolsa de sangue dá origem a quatro hemocomponentes. São eles, o concentrado de hemácias (glóbulos vermelhos), concentrado de plaquetas, plasma e crioprecipitado. E, cada paciente, dependendo da necessidade precisa de um tipo de hemocomponentes, ou seja, uma única bolsa pode salvar até quatro vidas”, afirma a enfermeira Bárbara Cabrera, responsável pela captação do Hemocentro.

O procedimento de doação de sangue é relativamente rápido. Desde o cadastro e triagem clínica até a coleta de sangue, o processo dura em média 50 minutos. “A partir do momento em que o voluntário entra na sala de coleta o processo não dura mais do que 15 minutos”, diz Bárbara.

Embora alguns tipos sanguíneos estejam em níveis críticos, nenhum está em falta. “Hoje necessitamos da tipagem A+, O-, A-  e B- estão em estoque reduzidos. Porém, sempre destacamos a importância da doação continua dos voluntários, pois o objetivo é manter os estoques de sangue sempre abastecidos e não apenas em datas específicas”, afirma Mariana.

No Brasil, menos de 2% da população é doadora de sangue (o ideal seria ao menos 3% da população), de acordo com o Ministério da Saúde. Homens podem doar de dois em dois meses em,  não excedendo quatro doações ao ano. Já as mulheres de três em três meses e, no máximo, três doações anuais.

Quem pode doar

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é preciso apresentar documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.

Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente. Quem tomou a vacina da febre amarela deve aguardar 30 dias para fazer uma doação. Já para vacina contra gripe, o prazo é de 48 horas.

Agendamento

O Hemocentro passou a realizar agendamento de doações de sangue por telefone, seguindo as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do governo estadual de São Paulo. A medida foi tomada para evitar aglomerações nas salas de espera e captação. Os telefones para agendamento são (17) 3201- 5055 e (17)3201-5151. A unidade fica aberta das 7h às 13h, inclusive aos domingos e feriados, na avenida Jamil Feres Kfouri, 80, Jardim Panorama.

 

Veja mais notícias Ver todas notícias »